Maresias
Vale a queda
Por Redação Guia Waves em 12/06/17
Confira 9 motivos para ir a Maresias, em São Sebastião (SP).
1276x850
Motivos não faltam para querer surfar em Maresias. Foto: Aleko Stergiou / Instituto Gabriel Medina.

 

Se você procura razões para ir à praia mais famosa do litoral paulista – e uma das mais célebres de todo o Brasil - nós juntamos 9 motivos.

 

Clique aqui para conhecer as melhores opções em Maresias

Confira abaixo nossas dicas, escolha um dos muitos hotéis e pousadas, faça as malas e aproveite!

 

1) A praia em si

Maresias é uma das mais belas praias do litoral paulista. Com 4km de extensão, possui ondas tubulares, areias brancas e fofas, mar azul e vegetação abundante, que rodeia a praia em altas montanhas em tom de verde escuro.


Pela sua grande extensão, a praia apresenta características diferentes ao longo de sua orla. O Canto da Barra, por exemplo, localizado do lado esquerdo de quem olha o mar, é rodeado pelo Rio Maresias e apresenta uma faixa larga de areia fina e batida, o que permite a prática de futebol de areia no local. Além disso, as pedras do canto servem de barreira natural, garantindo uma ondulação muito menor do que a encontrada no resto da praia, o que faz com que as ondas sejam bem menores e o banco de areia sempre presente. Com muitos restaurantes e quiosques, é o canto ideal para as famílias, que podem alugar pranchas, equipamentos de mergulho e esportivos, entre outros, para o entretenimento das crianças, que ficam mais seguras desfrutando da água tranquilamente.

 

Já o Canto do Moreira, do lado direito, é famoso pelas suas ondas bem tubulares e potentes. Possui um braço de areia perpendicular ao restante da praia, rodeado por pedras, o que garante uma série de piscinas naturais, protegidas da rebentação, e ainda com vista privilegiada para os surfistas profissionais, que dominam o mar no local.


Constituído por cerca de um quilômetro da praia, o Canto do Moreira possui majoritariamente mansões com vista para o mar, sem nenhum ambiente comercial. O acesso é um pouco mais difícil, já que a entrada da praia fica distante da avenida, exigindo uma caminhada de cerca de 500 metros, o que inibe a presença de turistas, tornando esse canto mais exclusivo. As casas, escondidas atrás de vegetação típica da região, e o morro com mata virgem e vasta, dão o tom de praia deserta, tão diferente do presente no canto oposto.


Também no Canto do Moreira estão os melhores pontos para mergulho e visualização de tartarugas marinhas, avistadas entre as amplas pedras do local.

 

4608x3072
Famílias e crianças também se divertem nas ondas de Maresias. Foto: Divulgação.

 

2) Aproveitar para praticar esportes

Beach Tennis, Yoga e Futevôlei são alguns dos esportes comumente praticados em Maresias. É a praia ideal para quem gosta de se movimentar. Além dos esportes aquáticos como SUP e surfe, ideais no mar de Maresias, e da possibilidade de bater uma bolinha no canto esquerdo, a praia possui cerca de dez quadras de futevôlei ao longo de sua extensão, além de quadras de beach tennis, pontos de slackline e aulas de Yoga, meditação e capoeira em diversos pontos da areia ao longo de todo o dia.


Com serras em seus dois extemos, a prática de corridas de montanha tem recebido cada vez mais adeptos, estimulando quem gosta de correr com o visual estonteante da praia e de suas matas.

1400x933
Gabriel Medina no quintal de sua casa, as ondas de Maresias. Foto: © WSL / Smorigo.

 

3) Surfar no “quintal” do Gabriel Medina

Famosa por suas ondas, Maresias é um celeiro de surfistas profissionais. Dentre seus expoentes, grande destaque para o primeiro campeão mundial de surfe vindo de terras tupiniquins: Gabriel Medina.


O surfista cresceu e mora na praia, sendo figurinha carimbada nas ondas do meio da orla, principalmente na área próxima à sua casa, na entrada 12. Para os amantes do esporte, é a chance de dividir o mar com a maior estrela nacional do surfe.


Para quem não está familiarizado, aqui vão algumas dicas sobre as características do mar da praia, de beach break (fundo de areia):


Da entrada 1 até a Praça do Surfe: ondas menores, boas para iniciantes. É onde se localizam as escolinhas de surfe locais.


Da Praça do Surfe até a entrada 15: ondas maiores e mais de vala, com correnteza e força, porém, menos tubulares.


Da entrada 15 até a entrada 22: ondas mais tubulares (quebrando na bancada, sem tanta influência da correnteza) e mais fortes, ideais para alta performance – surfistas mais habilidosos.

4) Descobrir a trilha pra Paúba

Pouca gente sabe, mas saindo do Canto da Barra é possível acessar uma trilha ampla, de intensidade leve, que leva para a vizinha Praia de Paúba. O percurso, realizado em cerca de 30 minutos, pode facilmente ser feito na companhia de crianças pequenas.


Do alto do morro, no mirante, é possível se vislumbrar toda a extensão de Maresias e as ilhas de Alcatrazes e Montão de Trigo.


Também dessa trilha sai o acesso para a Praia do Saco, pequena faixa de areia localizada entre Maresias e Paúba, rodeada por pedras e com grande concentração de ouriços e estrelas-do-mar.

 

1900x1266
Cachoeira do Cacau, mais uma opção em São Sebastião. Foto: Divulgação.

  

5) Andar de bicicleta na Mata Atlântica e tomar banho de cachoeira

Estruturado pela APHM (Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias), os amantes das pedaladas podem realizar um bike tour pelo bairro. O passeio, que pode ser contratado no CIT (Centro de Informações Turísticas), inclui guia e locação de bicicletas, e leva os turistas por trechos de paralelepípedo e terra batida, em meio à vasta vegetação, passando pelo rio Maresias e afluentes.

É possível avistar uma grande diversidade de pássaros e árvores e, com sorte, outros animais como capivaras, gambás, lagartos e bugios, comumente encontrados na mata. O passeio termina em uma trilha de nível leve que presenteia os visitantes com uma cachoeira e suas piscinas naturais, conhecida como Fosso do Caetano.

800x607
Toda a beleza da Calhetas. Foto: Divulgação.

 

6) Encantar-se com Calhetas

Pouco conhecida do público em geral, a Praia de Calhetas não pode ser acessada de carro, e sim apenas por uma caminhada de cerca de 15 minutos em meio a eucaliptos e plantas nativas.


De Maresias até as areias de Calhetas (trilha incluída) se gasta no máximo meia-hora, mas o visual compensa: Calhetas tem uma faixa de areia ladeada pelo oceano dos dois lados, criando um visual único e deslumbrante.


Pelo acesso restrito, tem clima de praia deserta, com diversas piscinas naturais, mirante e áreas para mergulho. Definitivamente, vale a visita.

3456x2304
Toque-Toque Grande, mais uma beleza exuberante vizinha a Maresias. Foto: Divulgação.

 

7) Passear nas praias de Toque-Toque e Santiago

Em menos de 10km de distância (e 15 minutos de carro) os visitantes de Maresias têm acesso a outras praias, todas lindas e peculiares. Aqui, destacamos três delas: Toque-Toque Pequeno, Toque-Toque Grande e Santiago.


Santiago, a cerca de 5 minutos de Maresias, também possui areias brancas e ondas tubulares, com o diferencial de ser uma praia majoritariamente residencial, ou seja, pouco frequentada e com vegetação preservada, de visual peculiar com seus abricoeiros desenhando toda a orla.


Já as Toque-Toques têm a tradição caiçara ainda preservada, sendo possível visualizar os pescadores retornando do trabalho e saborear um pescado ou marisco fresco (mas fresco mesmo), em um dos quiosques da orla, ou mesmo passear de canoa e visitar um dos cercos de pesca, mediante acordo com os caiçaras locais.

1135x757
Maresias oferece dezenas de opções gastronômicas que agradam todos os paladares. Foto: Divulgação.

 

8) Comer muito bem

 

Maresias apresenta uma ampla gastronomia, com mais de 30 restaurantes, entre mexicanos, japoneses, italianos, argentinos, creperias, pizzarias e os tradicionais triviais (comida típica brasileira). Com variedade de cardápio e preços, a praia é garantia de boa comida, independentemente do tipo de bolso e gosto.

9) Praticar esportes de aventura

Para os amantes de aventura, o CIT (Centro de Informações Turísticas de Maresias), localizado na Praça do Surfe, oferece opções diversas de passeios e atrativos, realizados através das empresas de receptivo turístico da praia.


Com a Jackslack, o turista pode contratar o serviço de trilhas com rapel - em cachoeira ou em um mirante no meio do oceano- além de voo livre sobre a praia de Maresias e percurso de arvorismo, escalada e tirolesa, sempre com equipamento incluso.


Já com a empresa Maremar&Entreter é possível contratar os passeios guiados para as cachoeiras do Cacau e Ribeirão do Itu (ambas de cerca de quatro horas de duração, ida e volta), além de passeios de barco e locação de equipamentos esportivos para uso nas águas de Maresias.


Os passeios saem a partir de R$50, e hóspedes de hotéis associados à APHM (Associação de Pousadas e Hotéis de Maresias) têm descontos de até 40%.

Veja também
Mecânica de Nazaré

Mecânica de Nazaré

Segredos do Canhão

Icaraí

Icaraí

Sessão com terral

Lagoinha do Leste

Lagoinha do Leste

Rolê pelo alto

Marcio David

Marcio David

Conexão catarinense

Social Surf

Social Surf

Um guia de El Salvador

Maresias

Maresias

Na onda do casamento

Estabelecimentos
Picos