Surftrip numa boa
Farmácia de viagem
Por Redação Waves em 24/06/16
Como preparar adequadamente seu kit de primeiros socorros para a próxima surftrip.

Quem não ama uma surftrip? Sair um pouco daquela rotina cansativa, conhecer novos lugares, novas culturas, novas águas. Porém, tudo tem seus dois lados. Viagens podem trazer muitas alegrias, mas também podem trazer algumas dores de cabeça, mal-estar e ferimentos. Aqui te mostramos como lidar com cada situação sem stress e estar sempre bem preparado.

 

1000x667
Modelo de kit de primeiros socorros para viagens. Foto: Reprodução.

  

Em primeiro lugar, deve-se pensar no kit de primeiros socorros. Ele deve conter itens essenciais, que você eventualmente poderá precisar, incluindo antitérmicos, anti-inflamatórios, analgésicos, relaxantes musculares, antialérgicos, antibióticos, antiespasmódicos e antieméticos. Além dos medicamentos de uso tópico, como pomadas, antissépticos de pele, tubos de gaze e esparadrapos para isolar ferimentos, etc. Atenção, também, para as medicações de uso pessoal como, por exemplo, remédios rotineiros ou para o tratamento de doenças.

 

Em segundo lugar, foque no destino. É sempre bom estudar o pico que você irá, para verificar quais são os riscos locais. É fundamental se informar sobre as doenças endêmicas, pois existem lugares onde a diarreia ou a malária são comuns, então o correto é levar medicamentos próprios para cada caso específico.

 

Nas surftrips nacionais, tudo irá depender do quão isolado é o pico. Normalmente há acesso a farmácias, mas se for muito isolado dos estabelecimentos, o melhor é levar um kit completo. É o mesmo caso das viagens internacionais. Lá fora, o acesso a medicamentos é bem mais difícil, pois existem regulamentações diferentes para cada país e também é preciso de receitas prescritas, o que dificulta ainda mais. Um kit bem preparado é extremamente necessário para uma viagem internacional.

 

"Há ainda a questão da idade. Em surftrips com surfistas acima dos 40 anos, é imprescindível levar um medicamento chamado Isordil Sublingual, que é um vaso dilatador para casos de infarto e pressão alta. E não se esquecer de fazer uma boa avaliação médica e odontológica antes da viagem. Também existe diversos remédios no mercado que possuem mais de uma função, que são os casos do antitérmico e do analgésico, pois ambos servem para as duas coisas, e do antiespasmódico e do antiemético, que servem para o alívio de náuseas, enjoos e vômitos", recomenda o Doutor Marcelo Baboghluian, médico especialista em Medicina Esportiva do Instituto Marazul.

 

Mais um ponto a ser levado em conta são os incidentes mais comuns que ocorrem em uma sessão de surf e que podem acabar exigindo primeiros socorros. Os principais ferimentos são os corto-contusos, normalmente causados por cortes de corais, quilhas e bicos. "Nessas circunstâncias é necessário ter em mãos um material de sutura, como agulha, linha e luvas cirúrgicas, mas depende de alguém treinado e especializado para realizar o procedimento", complementa o Dr. Marcelo Baboghluian. Outros problemas recorrentes nas viagens são os distúrbios gastrointestinais e as infecções respiratórias, causados pela diferença da água e do ar de diversos países.

 

690x470
Joel Parkinson recebe atendimento depois de se cortar nos corais durante etapa do Mundial no Hawaii. Foto: Divulgação / WSL.

 

Em suma, é sempre melhor se prevenir do que remediar. Nem todos os locais oferecem suporte para eventuais problemas e acidentes, então para não estragar a viagem e deixar de aproveitar boas ondas, tenha em mãos um kit de primeiros socorros completo para todas as suas surf trips.

 

Agradecimentos ao Doutor Marcelo Baboghluian, médico especialista em Medicina Esportiva do Instituto Marazul. Para obter mais informações, entre em contato pelos telefones (0xx11) 3237-3939 ou 3237-1229.

 

Como montar um kit de primeiros socorros completo:

 

- Antitérmicos;

- Anti-inflamatórios;

- Analgésicos;

- Relaxantes musculares;

- Antialérgicos;

- Antibióticos;

- Antiespasmódicos;

- Antieméticos;

- Pomadas;

- Antissépticos de pele;

- Tubos de gaze;

- Esparadrapos;

- Agulha;

- Linha;

- Luvas.

 

Casos especiais:

 

- Medicamentos rotineiros;

- Remédios para o tratamento de doenças;

- Isordil Sublingual, para surfistas acima dos 40 anos.

 

400x300
Alunas recebem noções básicas de primeiros-socorros do Grupamento de Bombeiros de SP. Foto: Divulgação.

 

Veja também
Riscos do surfe

Riscos do surfe

Como tornar sua session mais segura

Em busca das ondas

Em busca das ondas

Como encarar uma trilha

Sem roubadas

Sem roubadas

Camping para todos

Viagem tranquila

Viagem tranquila

Como embalar sua prancha

Mundial no Brasil

Mundial no Brasil

Saiba onde ficar e comer no Rio

Estabelecimentos
Picos