Instituto Argonauta
Baleia encalha novamente
Por Janaina Pedroso em 26/10/17
Baleia Jubarte volta a encalhar no litoral paulista e dá trabalho ao Instituto Argonauta.
1280x720
Mau tempo no litoral norte paulista pode ter rompido cabos que prendiam a baleia. Foto: Divulgação.

 

Uma baleia Jubarte, macho, de mais de 13 metros de comprimento amanheceu encalhada hoje em Caraguatatuba (SP). Trata-se do mesmo indivíduo que apareceu boiando no dia 8 de outubro na região da praia da Caçandoca.

 

Por meio do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP–BS), o Instituto Argonauta decidiu ancorar o corpo do animal, que já se encontrava em estágio avançado de decomposição, na Ilha do Mar Virado.

 

“Teremos que reavaliar a técnica da ancoragem, pois em caso de mau tempo como o que tivemos nesta madrugada, percebemos que temos que distanciar o animal para alguns metros da costa”, disse Hugo Gallo, oceanógrafo e presidente do Instituto Argonauta.

A principal hipótese é de que os cabos tenham sido rompidos por conta do mau tempo, friccionando os mesmos contra as pedras.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Veja também
Parceiros do Mar

Parceiros do Mar

ONG promove mutirão

Marcelo Trekinho

Marcelo Trekinho

Aventuras havaianas

Oficina de Atletas

Oficina de Atletas

Projeto lapida talentos

Prancha reciclável

Prancha reciclável

Do lixo às ondas

Oficina de Atletas

Oficina de Atletas

Alunos recebem doações

Canto do Dado

Canto do Dado

Pousada cuida do lixo

Estabelecimentos
Picos