Global Wave Conference
Encontro mira preservação
Por Redação Waves em 12/03/18
Quinta edição da Global Wave Conference discute temas ligados à conservação, clima e sustentabilidade dos oceanos na Califórnia (EUA).
640x480
Global Wave Conference reúne surfistas de várias partes do globo em Santa Cruz, California (EUA). Foto: Marcos Aurélio Gungel.

 

A quinta edição da Global Wave Conference foi realizada entre os dias 4 e 7 de março, em Santa Cruz, Califórnia (EUA), e reuniu surfistas de várias partes do globo em discussões relacionadas à conservação, clima e sustentabilidade dos oceanos.

 

Neste ano, o encontro promovido pelas ONGs Save The Waves Coalition, Surfers Against Sewage e Surfrider Foundation trouxe três temas: Conexão entre a Terra e o Mar, Áreas Protegidas e Mudança do Clima e Inovação.

 

311x415
Campeão mundial Shaun Tomson com Marcos Aurélio Gungel, o Kito, durante o encontro. Foto: Arquivo pessoal.

O sul-africano Shaun Tomson e o californiano Greg Long prestigiaram o evento, contando suas experiências ligadas ao meio ambiente.

 

Já o brasileiro Marcos Aurélio Gungel, o Kito, representou a Guarda do Embaú, uma das dez Reservas Mundiais de Surfe.

 

"Algumas experiências apresentadas nesta edição da Global Wave Conference defenderam uma saída para não usar materiais plásticos com tanta frequência", relata Kito.

 

"Principalmente os deixados nas areias da praias e que vão parar nos oceanos, com efeito direto na sobrevivência da vida marinha", acrescenta.

 

Kito apresentou um seminário ao lado de representantes de outras Reservas sobre as características de cada local, com suas leis ambientais, tradições e diferenças no modo de tratar a região costeira, que é o foco da Save The Waves.

 

"Tive a oportunidade de falar sobre os nossos projetos em andamento, como a análise do Rio da Madre em dez pontos durante um ano e o início da pesquisa Surfonomics", conta Kito.

 

A pesquisa é direcionada aos surfistas, às pousadas e às escolas de surfe e SUP da Guarda do Embaú. Ela tem como objetivo estimar o valor econômico que as ondas e o turismo de surfe proporcionam à economia local da Guarda.

 

Além da Guarda do Embaú, também integram a lista de Reservas Mundiais de Surfe os picos de Santa Cruz e Malibu (EUA), Baía de Todos os Santos (México), Ericeira (Portugal), Huanchaco (Peru), Manly Beach, Noosa e Gold Coast (Austrália) e Punta Lobos (Chile).

 

O clima e a sustentabilidade na indústria do surfe também foi um dos temas. A produção de pranchas e acessórios com material menos nocivo ao meio ambiente esteve na pauta em vários momentos no encontro.

 

Quem também esteve presente foi o brasileiro Mauricio Duarte dos Santos, que está fazendo sua tese de PhD baseado nas Reservas Mundiais de Surfe.

 

"Uma das grandes notícias foi que informamos em primeira mão o anúncio de que o campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, está confirmado como embaixador da Reserva Mundial de Surfe da Guarda do Embaú, juntamente com o ídolo local Ricardo dos Santos (em memória)", completa Kito.

 

Para saber mais sobre o encontro, acesse o site Save The Waves.

Veja também
SOS Rosa Norte

SOS Rosa Norte

Movimento ganha batalha

Footwork e Noseride

Footwork e Noseride

Caio Teixeira promove clínica

Times Square

Times Square

Telão destaca Koxa

Blue Birds BR

Blue Birds BR

Turismo responsável em Saquarema

Wind e kitesurf

Wind e kitesurf

Portugal recebe mundiais

Surf House Girls

Surf House Girls

Portas abertas no Guarujá

Estabelecimentos
Picos